Espaço Alagoas Feita à Mão finaliza temporada de exposição com saldo positivo

O Espaço Alagoas Feita à Mão se despede do Maceió Shopping cumprindo seu papel de levar à população a pluralidade da produção artesanal alagoana. A ação, desenvolvida pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur), reuniu, ao longo de um mês, 50 artesãos em sistema de rodízio, apresentando e comercializando seus produtos. Na ocasião, o público teve a oportunidade de conhecer um pouco mais sobre a contribuição dos mestres, artesãos e associações de Alagoas para a cultura popular.

Integrante do Grupo Inventiveiras, Petrucia Lopes foi uma das artesãs que teve suas peças contempladas para vendas e exposição. “Participar do Espaço compartilhado contribui no meu portfólio. O local chamava atenção e funcionou como um bom atrativo, para que o público pudesse conhecer as peças que estavam expostas e adquirir nossos produtos”, conta.

Essa é a segunda experiência da Loja Conceito Alagoas Feita à Mão. Anteriormente, a Loja funcionou durante dois meses no Corredor Vera Arruda, na Jatiúca.

Prezando a concentração da produção artística genuína de Alagoas em um local acessível, o espaço apresentou o artesanato para alagoanos e turistas entre dezembro e fevereiro, movimentando a região durante a alta temporada.

Para a gerente de Design e Artesanato da Sedetur, Daniela Vasconcelos, o Alagoas Feita à Mão é uma experiência importante para quem produz arte no estado.

“A chance de participar do Espaço proporciona, além da visibilidade, proximidade do produtor junto aos mais variados públicos. As pessoas que visitam o local se encantam com as tipologias. Do bordado filé à palha do coqueiro, quem produz artesanato constrói a identidade alagoana mostrando sua importância no cenário nacional e internacional”, explica.

O Programa

O Alagoas Feita à Mão é um programa que tem como objetivo o reconhecimento do profissional artesão e a projeção nacional e internacional da produção artesanal alagoana. Somente em 2018, foram comercializados mais de R$ 1 milhão em feiras e eventos, um aumento de 43% em relação a 2017. A participação dos artesãos em feiras e eventos é possibilitada por meio de editais lançados pela Sedetur, que selecionam os artistas e apresenta a diversidade do artesanato alagoano para todo o Brasil.

Ascom – 23/04/2019

(Visited 1 times, 1 visits today)